FRONTISPÍCIO DAS ARTES

A arte começa onde a imitação acaba. Oscar Wilde

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Suzano ganha novo Espaço Cultural


 será lançado nesta sexta-feira (26/6/2015)

Intervenção teatral, apresentação musical, entre outras atividades relacionadas às artes plásticas e literatura irão movimentar a programação, que terá início às 18h, no Prédio II na Faculdade Piaget (Avenida Mogi das Cruzes, Parque Suzano, em Suzano)



A Associação Paulista de Esporte, Cultura e Cidadania (APECC) em parceria com a Faculdade Piaget lança nesta sexta-feira (26 de junho) o Espaço Cultural da Cia. Atores InSanos. Várias atividades culturais estão na programação, que terá início às 18 horas, no Prédio II da instituição de ensino (Avenida Mogi das Cruzes, Parque Suzano, em Suzano). A entrada é gratuita e aberta a todos os interessados.

Entre as atrações da noite, estão uma intervenção teatral, apresentação musical, entre outras atividades relacionadas às artes plásticas e literatura, que serão conduzidas pelos parceiros da Cia Atores InSanos, sendo eles Coletivo de Artes Plásticas Frontispício, Ateliê de Imagens, Associação Caminhos do Sol, Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) e The British Academy.

O coordenador artístico do grupo, Walmir Pinto, que também é ator, vereador e ex-secretário de Cultura, diz que a ideia é fazer uma pequena  amostragem dos trabalhos que serão conduzidos pela Cia. Atores InSanos em benefício à comunidade acadêmica e a toda população:

“Estamos com inscrições abertas para a Oficina de Teatro nas Férias e a intenção é que muitas outras atividades sejam oferecidas à população. Por isso buscamos outras parcerias e na noite de sexta faremos uma demonstração de tudo o que pretendemos realizar”, explica.

O diretor-geral da Faculdade Piaget – Campus Suzano, Marcus Rodrigues, destacou a importância da parceria firmada entre a instituição de ensino e a APECC, que resultou na implantação da Cia. Atores InSanos:

“Além da nossa principal meta, que é buscar sempre a excelência acadêmica, a abertura desse espaço trará uma nova oportunidade para os alunos da Piaget e toda a comunidade de participar e desenvolver atividades culturais. Com a parceria que a faculdade estabeleceu com a APECC, reforçamos ainda mais nossa missão de contribuir para o desenvolvimento educacional, social e cultural da cidade”.

terça-feira, 23 de junho de 2015

DEZ DICAS PARA COMPRAR UMA OBRA DE ARTE



1. Seja obcecado 
Kagge diz que, para obter o melhor valor, você deve ser obsessivo na pesquisa para capturar o objeto de desejo. Ele cita o famoso marchand Lord Duveen, que, em pé em frente à ponte e torre de JMW Turner, proclamou: "Se eu tivesse essa imagem, eu não quereria nada mais no mundo". De acordo com Kagge, é assim que se deve aproximar de cada aquisição. 

2. Aceite que não existem regras, apenas transações 
O mercado de arte é muito diferente dos mercados convencionais porque há pouca regulamentação. Práticas como comércio privilegiado, manipulação de preços e cartéis são comuns. O conselho de Kagge é estar ciente dessas práticas. 

3. Cultive bons olhos, nariz e ouvidos 
Às vezes é difícil diferenciar entre arte boa e arte ruim. Kagge recomenda não apenas treinar os olhos, mas também o nariz e os ouvidos. Ou seja: ouvir o que as pessoas estão dizendo. Kagge relembra um encontro com o lendário marchand Irving Blum, que disse a ele que, ao ouvir o nome de um artista mencionado por duas ou mais pessoas em que confia, ele sempre foi ver tais artistas. 

4. Tenha contato com pessoas do mundo da arte 
Para obter o máximo dos investimentos, pode ser muito útil cultivar relacionamentos com agitadores do mundo da arte. Amizades pessoais com assessores, artistas, curadores, colecionadores, marchands e galeristas oferecem perspectivas inestimáveis sobre arte contemporânea e também informações privilegiadas que outros podem não ter acesso. 

5. O galerista detém a chave 
Galerias têm um papel fundamental na introdução de artistas para colecionadores. Kagge diz que é crucial conhecer vários bons galeristas que representam os artistas que você está tentando colecionar. 
Ele menciona que isso ajuda na compra regular a partir de um punhado de galerias, já que a sua lealdade será recompensada, porque os galeristas vão oferecer a você as melhores obras ou descontos. 

6. Não espere ganhar dinheiro 
Colecionar arte com a intenção de ganhar dinheiro é o maior erro que um colecionador pode cometer. Kagge aponta que a arte não foi feita como um objeto de especulação. O real valor de comprar e colecionar vem do prazer de ter uma grande obra em casa. 

7. Seja o primeiro a ter acesso às melhores obras 
Ser o primeiro a ver uma obra, preferencialmente antes dos vernissage, é a melhor chance de acesso às melhores obras. O mesmo ocorre com a compra de trabalhos de artistas em início de carreira. Atualmente, a carreira de um artista e a trajetória de preços podem ser meteóricas. Kagge então admite que gosta de comprar de artistas em início de carreira porque, depois, pode ser que isso não seja mais possível. 

8. Aceite que o melhor preço pode não ser o preço mais baixo 
Com frequência, colecionadores têm de pagar preços altos para ter as melhores peças. É melhor comprar uma obra fantástica do que cinco ou dez medíocres. Não tenha medo de investir na peça correta. 

9. Compre de forma oportuna em leilões 
Leilões oferecem oportunidades fantásticas para comprar obras de grande qualidade de artistas em meio de carreira, desde que não muito elogiados ou muito esquecidos. Mas não esqueça que as comissões das casas de leilão podem ser de até 25%. 

10. Seja “legal” com o dinheiro 
É importante não desanimar de continuar atrás de uma obra pela qual você não pode pagar. Muitas galerias estão preparadas para negociar os termos de uma venda e o pagamento em prestações é prática comum. 
No entanto, Kagge aconselha a pagar o mais rapidamente possível, caso você tenha o dinheiro. Muitos colecionadores têm o hábito de demorar para pagar, mas pagando rapidamente ou na hora certa você vai ganhar a consideração dos galeristas. 



Texto deHenri Neuendorf originalmente publicado, em inglês, no site ArtNet (www.artnet.com) | 19/06/15.

sábado, 20 de junho de 2015

Piracicaba

Clodoaldo Geovani ganha ouro em Piracicaba


quinta-feira, 11 de junho de 2015

ARTE NAIF EM ALTA

artista plástica Maria da Dores Soares Vital, conhecida por  Rimaro,residente em Cuiabá/MT, mineira foi contemplado com a Grande Medalha de Ouro do 29º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo (MG), O Salão de Artes Plásticas de Arceburgo (MG).

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Noite de Premiação

Noite de premiação do Centro Cultural da Marinha em São Paulo.Em 9 de junho de 2015.